Saúde

NASCIMENTO

Equipe do SAMU 192 atende paciente em trabalho de parto no Povoado Coquelândia

A pequena Maria Helena se apressou, nasceu em casa e em seguida foi levada junto com a mãe para a maternidade.

Publicado em: 16/04/2021 por João Rodrigues

Serviço de Atendimento Móvel e Urgência

Equipe do SAMU 192 atende paciente em trabalho de parto no Povoado Coquelândia

A pequena Maria Helena veio ao mundo na madrugada da última quinta-feira,15, no Povoado Coquelândia. (Foto: Assessoria)

Preparadas para qualquer emergência, as equipes do Samu 192 Regional Imperatriz, ainda são surpreendidas vez por outra com o desenrolar de alguns dos chamados feitos para a central.

Ilustra essa realidade o atendimento feito por volta de 1h da madrugada de quinta-feira (15), a uma grávida de 20 anos no Povoado Coquelândia, a cerca de 35 km do Centro, que precisava de uma ambulância para ser levada à maternidade, mas acabou dando a luz em casa.

A coordenadora do Samu, Josekelma Costa, explica que uma equipe do Suporte Básico que estava de plantão na Base Descentralizada no povoado foi acionada para atender a paciente que já estava em trabalho de parto e acabou por ajudar nos procedimentos.

É que a criança, Maria Helena, se apressou e o parto foi mesmo em casa, e coube à técnica em enfermagem Iraci Bastos cortar o cordão umbilical, fazer o aquecimento do bebê e encaminhar a mãe de primeira viagem, Francisca Raquel Oliveira e a filha para o Hospital Regional Materno Infantil.

O transporte de casa para a maternidade foi na mesma ambulância do Samu, com a adoção de todos os protocolos para este tipo de atendimento. Mãe e filha passam bem.

A coordenadora ressaltou que as equipes participam de treinamentos e estão preparadas para todos os tipos de ocorrência, não apenas acidentes de trânsito como muita gente pensa. No ranking de atendimentos, os casos clínicos representam 56% de todos os atendimentos feitos pelo Samu. Os acidentes representam 15%.

Histórico de atendimentos

Levantamento interno mostra que de 2017 a 2020, o Samu 192 realizou 2.211 atendimentos de grávidas em trabalho de parto em Imperatriz. A média é de 553 atendimentos por ano.

Além da técnica em enfermagem Iraci Bastos, a equipe que socorreu a mãe é composta pelo condutor socorrista Francisco das Chagas, que não poupou esforços e nem suas habilidades para propiciar a melhor viagem possível para mãe e filha.

A central Samu 192 Regional Imperatriz, ligada à Secretaria Municipal de Saúde, Semus, comemorou recentemente 16 anos de funcionamento e já contabilizava mais de 300 mil atendimentos, salvando milhares de vidas.

Saúde