Limpeza Pública

SERVIÇOS

Prefeitura realiza desobstrução de riacho na Vila Redenção

Além das equipes de riacho, ações de limpeza e manutenção pública são executadas em diversos pontos da cidade

Publicado em: 07/02/2022 por Rafael Pestana

Prefeitura realiza desobstrução de riacho na Vila Redenção

As frentes de serviços do município efetuaram a remoção de entulhos do leito do Bacuri, além de roço das margens do riacho. (Foto: Assessoria)

Dando início à mais uma semana de trabalhos da Superintendência de Limpeza Pública (SLP), a Prefeitura de Imperatriz executou a limpeza e desobstrução do riacho Bacuri, no trecho que corta o bairro Vila Redenção. As frentes de serviços do município efetuaram a remoção de entulhos do leito do Bacuri, além de roço das margens do riacho. Os agentes da SLP realizaram o trabalho de roço, mantendo a mata ciliar, que além de evitar o deslizamento de terra, também auxilia na prevenção de transbordamento do riacho.

Além do trabalho desenvolvido nos riachos de Imperatriz, a SLP também conta com frentes de serviços atuando na limpeza de diversos pontos da cidade, como, por exemplo o mutirão de ações do Arrastão da Limpeza, e a coleta domiciliar de resíduos sólidos, que nesta segunda-feira (07), ocorre em todos os bairros no sentido BR-010/Centro. De acordo com Alan Johnes, superintendente de Limpeza Pública, o trabalho dessas equipes é indispensável, “pois é necessário manter as ruas limpas, para evitar que a água das chuvas carreguem lixo e entulho para os leitos dos riachos”.

O superintendente comenta ainda que as ações do município são paliativas, pois dependem da colaboração da população, na preservação e manutenção da limpeza dos riachos que cortam a cidade. “É necessário relembrar a população que para termos uma cidade mais limpa, precisamos da participação de todos. Afinal, mesmo com o trabalho diário da SLP, as pessoas insistem em realizar o descarte irregular de resíduos em nossos riachos. Além de provocar enchentes, a prática é crime”.

A transgressão é passível de reclusão, de um até quatro anos, além de multa, enquadrada na Lei de Crimes Ambientais, Nº 9.605, DE 12 DE FEVEREIRO DE 1998, na seção III, que trata Da Poluição e outros Crimes Ambientais, art. 54. Alan Johnes reforça que, “a fiscalização vai continuar trabalhando e qualquer cidadão que for pego jogando lixo em ambiente público, riachos, rodovias e estradas, será autuado em flagrante”. 

Para denunciar descarte irregular de resíduos sólidos, a Prefeitura disponibiliza o número da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semmarh), (99) 99218 – 4275, de 8h às 14h, de segunda a sexta-feira. Já para realizar o agendamento de recolhimento de resíduos sólidos, é disponibilizado o número da Superintendência de Limpeza Pública (SLP), (99) 98541-9941, de 8h às 18h, de segunda a sexta-feira.

Limpeza Pública