Assistência Social

COMBATE

Campanha Contra o Trabalho Infantil atua na conscientização da população

A iniciativa conta com o tema “Para que nosso futuro não chore, precisamos ser melhores”

Publicado em: 15/06/2022 por Rafael Pestana

Secretaria de Desenvolvimento Social

Campanha Contra o Trabalho Infantil atua na conscientização da população

A abertura do evento foi realizada na sede no Ministério Público. Objetivo capacitar os órgãos que atuam no combate à essa violência sobre a forma de identificação desse tipo de problema. (Foto: Assessoria)

Iniciada na última segunda-feira (13), a Campanha Contra o Trabalho Infantil em Imperatriz tem levado conscientização e aprendizado para os bairros da cidade. Promovida pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), a iniciativa conta com o tema “Para que nosso futuro não chore, precisamos ser melhores”. 

A abertura do evento foi realizada na sede no Ministério Público do Estado do Maranhão, e a solenidade contou com a presença dos agentes comunitários das proximidades do órgão, conselheiros tutelares, equipe de abordagem social, presidente e vice presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, procuradores e promotores, Núcleo de Estudos das Politicas Infantojuvenil de Imperatriz (NEPIJUVI), Núcleo de Adolescentes (NUCA), Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), e do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vinculo (SCFV).

“Na manhã da segunda-feira, o objetivo foi capacitar os presentes sobre a forma de identificação desse tipo de problema, e falar sobre os mitos que envolvem o trabalho infantil doméstico, focando em mostrar a diferença de tarefas domésticas para o que de fato é o trabalho infantil doméstico, e as suas consequências no desenvolvimento das nossas crianças e adolescentes”, explica Divina Leide, secretária de Desenvolvimento Social.

Ainda na segunda-feira, pela parte da tarde, a Comissão Intersetorial de Ações Estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (AEPETI), Selo UNICEF, NEPIJUVI e NUCA, realizaram uma ciranda com crianças e adolescentes da Escola Frei Manoel Procópio. Ação aconteceu na Beira Rio, e contou com a presença dos Enfermeiros do Riso, CREAS, CRAS, CMDCA, Fundação Cultural, Conselheiros Tutelares. Além da ciranda, foi realizada apresentação do Coral do SCFV da Vila Vitória.

Já durante a terça-feira (14), a programação iniciou com uma roda de conversa sobre as consequências do trabalho infantil no desenvolvimento de crianças e adolescentes. Realizada no CRAS do bairro Santa Lúcia, a iniciativa contou com a presença da Comissão do AEPETI. Durante a tarde, a programação aconteceu no CRAS Santa Rita e contou com apresentação teatral, palestra sobre Trabalho Infantil e dinâmicas informativas.

Assistência Social