Saúde

TRATAMENTO

Centro Dermatológico do Município passa a funcionar nos Três Poderes

Com equipe multidisciplinar, o espaço funciona de segunda a sexta-feira e realiza de 400 a 500 atendimentos por mês

Publicado em: 18/05/2022 por Paula de Társsia

Secretaria de Saúde

Centro Dermatológico do Município passa a funcionar nos Três Poderes

O horário de atendimento é das 8h às 14h, na segunda, quarta, quinta e sexta. Já na terça-feira o Centro funciona manhã e tarde. (Foto: Paula de Társsia)

As novas instalações do Centro Humanizado de Referência em Dermatologia Sanitária do Município foram entregues nos Três Poderes. Com equipe multidisciplinar, o Centro funciona de segunda a sexta-feira e realiza de 400 a 500 atendimentos por mês. Além de hanseníase, também são feitos atendimentos de outras dermatoses, por exemplo: infecção de pele, acne crônica, dermatite atópica, alergias e outras.

O novo espaço passou por reformas e readaptação para atender as necessidades de quem utiliza os serviços: consultórios, sala de reabilitação física, laboratório para análise de amostras e outros. No local, "a nossa população é assistida por médico, enfermeiro, psicólogo e fisioterapeuta que realizam um trabalho conjunto para tratamento evolução positiva do quadro dos nossos pacientes", pontou o secretário de Saúde, Alcemir Costa.

Funcionando anteriormente na Unidade Básica de Saúde Milton Lopes, toda estrutura do Centro Dermatológico foi levada para os Três Poderes visando melhor atender aos munícipes. Diversas especialidades são ofertadas nos Três Poderes para facilitar o acesso e a localização do Centro, é o que explica o secretário Alcemir Costa.

"Compreendemos que a concentração de serviços em um único local é, também, ampliar o acesso da comunidade. Por exemplo, um cidadão vai procurar atendimento com cardiologista, mas passa, olha o tratamento dermatológico e pode buscar informações sobre doenças de pele. Sempre falo que nosso foco é no atendimento humanizado e que nossos serviços de fato cheguem até a população. E esta é mais uma obra entregue nesses sete meses à frente da saúde que impactam diretamente na comunidade", disse Alcemir Costa.

O horário de atendimento é das 8h às 14h, na segunda, quarta, quinta e sexta. Já na terça-feira o Centro funciona manhã e tarde. "Estamos analisando a disponibilidade de mais um dia para atendimento da fisioterapia à tarde, assim teríamos dois dias da semana em tempo integral", ponderou o coordenador do Centro, Fredes França.

Hanseníase

Em Imperatriz, atualmente, 121 pacientes estão em tratamento contra a hanseníase, e 363 pessoas, que tiveram contato com os casos confirmados, estão sendo monitoradas a respeito de possíveis sintomas. Além do trabalho de conscientização, as equipes fazem o acompanhamento constante desses casos.

A doença é causada por uma bactéria que afeta primariamente a pele e os nervos. De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, a maioria da população consegue se defender naturalmente da bactéria, no entanto, cerca de 10% das pessoas não tem esses mecanismos de proteção e, por isso, podem adoecer. Ao iniciar o tratamento, o paciente não transmite mais a doença.

Alguns sinais e sintomas

• Manchas (esbranquiçadas, amarronzadas e avermelhadas) na pele com mudanças na sensibilidade dolorosa, térmica e tátil.

• Sensação de fisgada, choque, dormência e formigamento ao longo dos nervos dos membros

• Perda de pelos em algumas áreas e redução da transpiração

• Inchaço e dor nas mãos, pés e articulações

• Dor e espessamento nos nervos periféricos

• Redução da força muscular, sobretudo nas mãos e pés

• Caroços no corpo

• Pele seca

• Olhos ressecados

• Feridas, sangramento e ressecamento no nariz

• Febre e mal-estar geral

Saúde