Notícias

COMPROMISSO

Padronização de calçadas da Avenida Getúlio Vargas inicia em novembro

Primeira etapa será executada no período de 02 a 30

Publicado em: 26/10/2022 por Léo Costa

Secretaria de Planejamento Urbano

Padronização de calçadas da Avenida Getúlio Vargas inicia em novembro

Prefeitura e dirigentes de classe após acordarem sobre início das obras. (Foto: Assessoria)

Objetivando ampliar as tratativas sobre a implantação do projeto de padronização e modernização das calçadas, na região central da cidade, a Prefeitura, por meio das secretarias de Planejamento Urbano (Seplu), Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semmarh), Infraestrutura e Serviços Públicos (Sinfra), e Governo e Projetos Estratégicos (Segov), reuniu-se na noite de terça-feira (25), com dirigentes das entidades representativas da classe empresarial e dos lojistas de Imperatriz. A previsão da gestão municipal é que a execução da primeira etapa das obras ocorra no período de 02 a 30 de novembro, na Avenida Getúlio Vargas, entre Rua Sousa Lima e Rua Amazonas, no Centro.

“O prefeito Assis Ramos tem destacado que a população, principalmente com deficiência e mobilidade reduzida, possui o direito de usufruir a cidade, portanto, é preciso que se garanta a inclusão dessa parcela considerável dos cidadãos e cidadãs na vida urbana, com prerrogativa da adequada locomoção em áreas públicas, porque a acessibilidade também é um instrumento necessário para a eliminação das barreiras sociais. E esse será um dos principais objetivos da padronização das calçadas”, destacou o secretário de Planejamento Urbano, Alessandro Pereira.

A secretária de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Rosa Arruda, enfatizou que “calçadas bem projetadas, limpas e padronizadas, melhoram a paisagem urbana da cidade, a autoestima da população e consequentemente, proporcionar a acessibilidade a todos os munícipes, em especial as pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida”, afirmou Rosa Arruda.

Joey Jacson Viêra, presidente do Sindicato do Comércio Varejista do Maranhão do Sul (Sindicom), destaca a importância da padronização das calçadas para o setor comercial e a mobilidade urbana na região central da cidade. “Imperatriz é uma cidade dinâmica e o comércio varejista é importante porque ele ajuda a impulsionar a economia local. A ideia do poder público com a padronização das calçadas, além de melhorar a mobilidade urbana, vai motivar o comércio e modernizar o visual do município”, disse Joey Vieira.

Dentre os termos descritos pela Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência, “Estatuto da Pessoa com Deficiência”, artigo 3º, inciso I, o conceito de acessibilidade é a possibilidade da pessoa com deficiência ou com mobilidade reduzida usufruir dos espaços e das relações sociais com segurança e autonomia.

Notícias