Trânsito e Transportes

CONSCIENTIZAÇÃO

Palestras com trabalhadores e crianças abordam a importância da educação no trânsito

Projeto faz parte da campanha de conscientização Maio Amarelo

Publicado em: 11/05/2023 por André Claudino

Secretaria de Trânsito e Transportes

Palestras com trabalhadores e crianças abordam a importância da educação no trânsito

O cronograma de atividades inclui tarefas de conscientização em diversos setores com distintos públicos. (Foto: Assessoria)

A campanha Maio Amarelo continua com suas ações de conscientização iniciadas no início do mês. O cronograma de atividades em Imperatriz, desenvolvido pelo setor de Educação para o Trânsito, da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Setran), inclui tarefas de conscientização em diversos setores com distintos públicos, para que a mensagem de educação e reeducação seja bem trabalhada e assim absorvida pelas pessoas, como propõem o planejamento. 

Em Imperatriz, o setor de Educação para o Trânsito, da Setran, realiza uma série de ações desde o dia 02 de maio. Entre essas atividades estão, palestras em escolas, pit-stop nas vias públicas, atos de conscientização com o setor publico e privado, com variação de público desde as crianças até os idosos. 

A campanha Maio Amarelo visa chamar a atenção da sociedade para o alto índice de acidentes no trânsito em todo o mundo. O movimento foi criado pelo Observatório Nacional de Segurança Viária em 2014, sendo aplicado na cidade como forma de conscientização.

 Estudantes participando durante ação na manhã desta quarta-feira (10) (Foto: Assessoria)
Crianças aprendendo sobre a travessia na faixa de pedestres. (Foto: Assessoria) 

Na quarta-feira (10) as atividades de conscientização aconteceram em forma de palestra e ação prática, focando na educação infantil, com alunos da Escola Municipal Frei Manoel Procópio, e com funcionários da empresa da Edeconsil. 

“Estamos continuando um trabalho que desenvolvemos junto às escolas, levantando o debate com estudantes, sobre o que devemos escolher em relação ao nosso comportamento no trânsito. São futuros motoristas e motociclistas, têm na família pessoas que conduzem veículos. E também, o que, enquanto pedestres, podem fazer para colaborar para um trânsito mais seguro. Essa é a proposta, dentro da temática que estaremos trabalho durante todo o ano de 2023” afirma Terezinha Miranda, coordenadora do programa Educação para o Trânsito.

 

 

Trânsito e Transportes