Secretarias

Superintendências

Orgãos

Infraestrutura

VILA IPIRANGA-CAFETEIRA

Caminhão hidrojato limpa e desobstrui bocas de lobo na Avenida Liberdade

Objetivo é evitar o acúmulo de água e facilitar o escoamento pela rede de drenagem pluvial

Publicado em: 13/01/2021 por Gil Carvalho

Secretaria de Infraestrutura

Caminhão hidrojato limpa e desobstrui bocas de lobo na Avenida Liberdade

Caminhão hidrojato agiliza trabalho de limpeza e desobstrução de bocas de lobos na Avenida Liberdade na Vila Ipiranga (Foto: Gil Carvalho)

O serviço de limpeza e desobstrução de bocas de lobo na Avenida Liberdade, na Vila Ipiranga e Cafeteira, começou na manhã desta quarta-feira, 13. Operação é realizada através do novo caminhão hidrojato viabilizado pela Prefeitura de Imperatriz, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos – Sinfra.

Objetivo é evitar o acúmulo de água na via e facilitar o escoamento pelas redes de drenagens pluviais, que estão sendo desobstruídas. Trabalho passou a ser intensificado com apoio do caminhão hidrojato.

De acordo com o encarregado de obras, José Francisco, o Zé Mototáxi, o serviço consiste na limpeza, desobstrução e sucção de resíduos que impedem o fluxo normal da água. “Essa ação melhora o escoamento e diminui alagamentos durante o período chuvoso, reduzindo os transtornos à comunidade”, disse.

Ele diz que “o caminhão hidrojato tem agilizado o trabalho de limpeza e desobstrução de galerias pluviais, beneficiando moradores de vários bairros e diminuindo o acúmulo de água nas vias”.

O secretário Zigomar Filho destaca que desde o início das operações com o caminhão hidrojato  o escoamento de águas pluviais melhorou. Ele falou ainda da importância do apoio da comunidade, evitando o descarte de resíduos sólidos para não entupir as bocas de lobo e, consequentemente, o transbordamento de água nas ruas e avenidas dos bairros de Imperatriz.

“É fundamental que todos possam colaborar evitando jogar lixo, ou qualquer outro material nas vias e sarjetas que provocam o entupimento das bocas de lobo”, concluiu.

Infraestrutura